Vendedores Externos serão contratados por Salões de Beleza

jan 31, 2015   //  por admin   //   Blog  //  Comentários desativados em Vendedores Externos serão contratados por Salões de Beleza

Talvez muitos vendedores não tenham pensado na possibilidade de trabalhar em um Salão de Beleza, nem muitos proprietários de Salão pensaram em contratar um vendedor. Parece uma coisa óbvia. Trabalhar numa loja ligada a um Salão? Não é sobre isto que estamos falando. Falamos de um vendedor, fazendo o papel de vendedor externo e interno, vendendo principalmente os serviços do Salão. Exatamente isto.

Como já falamos em outros posts e artigos, ficar esperando clientes é deprimente quando não se  tem um “ponto comercial”. O dia não passa, a autoestima baixa, parece que nada vai acontecer… e não vai mesmo!

Atividade empresarial requer ação de vendas, Marketing, enfim, muita comunicação. É fundamental estabelecer uma lógica de atuação comercial. Então, por que não começar com um vendedor? Claro que é intrigante, mas por que ser igual se o que vendemos é a arte sobre a imagem única de uma pessoa? Para vender cigarros, que matam, há vendedores. Por que não podemos ter vendedores de beleza?

Os salões que exercitaram a venda, mesmo que de forma singela, obtiveram resultados inacreditáveis. Muitos pararam, porque não incorporaram a dinâmica de vendas. Esta é uma atividade e não uma ação. Por ser uma atividade precisa de quem a mantenha em funcionamento.

Oferecer o que?

Um Salão pode oferecer todos os seus serviços para condomínios, parcerias com o comércio da região, clínicas, escolas, faculdades, postos de combustíveis, profissionais liberais e outros.

O Salão interessado em desenvolver ações de vendas, precisará de um material de apresentação bem desenvolvido, propostas de mecânicas promocionais diferenciadas, minutas de contratas e termos de parceria. O Salão pode oferecer combos específicos, trabalhos personalizados ou diferenciados, descontos progressivos, serviços dentro das empresas, acordos para atendimento dos clientes preferenciais das lojas, dentre outros. Há uma infinidade de serviços e ações que podem ser apresentados. A única coisa que um Salão não deve fazer é ficar esperando clientes imaginando que o trabalho comercial é dispensável. Este tempo passou.

Comments are closed.