Muitos fornecedores de cosméticos para cabelos levam os Salões ao erro

mar 4, 2015   //  por admin   //   Blog  //  Comentários desativados em Muitos fornecedores de cosméticos para cabelos levam os Salões ao erro

No segmento de cosméticos  para cabelos para salões a impressão que se tem é que muitos fornecedores  nunca estudaram nada sobre vendas no Século XXI.

Frequentemente parece que nada do que se sabe sobre vendas no mundo funciona no segmento de cosméticos para salões de beleza. Os fornecedores se atropelam, os proprietários de salões e cabeleireiros são confusos e tentam se pendurar nos produtos para conquistar faturamento, que depende de centenas de fatores, pouco ou nada compreendidos pela maioria.

Há um enorme desgaste em criar soluções estapafúrdias e a lucratividade para uma grande parte dos fornecedores é muito próxima de zero; o que é vendido, frequentemente,  não é pago no prazo combinado; os clientes pedem presentes, enxovais, descontos, prazos ampliados e isto não serve para nada, porque raramente se vê alguém falando em definir objetivos para o incremento de vendas de serviços e produtos, lucratividade das vendas e rotatividade dos estoques. Dois dias depois de um fornecedor fazer concessões ele perde o cliente porque outro fornecedor ofereceu algo mais barato, uma televisão, ou uma viagem. O prejuízo é imenso.

Em todas as situações sempre há exceções, mas o problema é quando a regra é equivocada e o certo é a exceção.

Algumas marcas vendem exclusivamente para salões, mas nem isto ajuda, porque a maioria deles não compreende a real importância de operar com uma marca exclusiva. Boas marcas não conseguiram sustentação operando exclusivamente para salões e abandonaram esta estratégia.

A maioria dos proprietários de salões e cabeleireiros classifica a venda como um procedimento ofensivo, mas ele é uma obrigação para pessoas que compreendem a natureza técnica dos procedimentos de manutenção dos serviços realizados no salão. Enquanto isto, procedimentos altamente questionáveis, como o uso do formol, foram amplamente tolerados.

Não se pode seguir um raciocínio simplista nas ações de vendas das empresas que fornecem cosméticos para cabelos. Uma empresa fornecedora destes produtos não deveria iniciar as atividades sem uma estratégia bem definida, que permitisse sair deste círculo vicioso e as que atuam há mais tempo no segmento deveriam rever suas estratégias.

Também é possível compreender que há uma enorme oportunidade para salões que compreendem a importância deste tema. Escolher poucas marcas, conhecer muito bem os produtos, aprofundar a parceria baseada em reciprocidades concretas, definir objetivos de avanço, desenvolver o comprometimento da equipe com qualidade e contar com suporte do fornecedor para fortalecer a gestão do empreendimento, são algumas das ações fundamentais para quem busca crescimento sustentado.

Há um imenso trabalho a ser realizado, alguns já começaram, mas é preciso ganhar velocidade.

Comments are closed.