A importância da participação em feiras e exposições como Hair Brasil e Beauty Fair

mar 16, 2015   //  por admin   //   Blog  //  Comentários desativados em A importância da participação em feiras e exposições como Hair Brasil e Beauty Fair

Muitas empresas e pessoas se questionam sobre a validade de participar de uma feira ou exposição. Participar delas vai fazer diferença para minha empresa ou na minha vida? Isto depende do seu objetivo em participar. Se não houver um objetivo muito concreto em participar pode se que não valha a pena, mas tendo este objetivo é possível que uma feira mude a história de um negócio e a vida de uma pessoa.

É muito comum as empresas e os profissionais terem um objetivo genérico: fazer presença, mas participar de uma feira para fazer presença não chega a ser um objetivo orientado a resultados concretos. Defina claramente o que você quer da feira, estabeleça prioridades e não se afaste delas.

Uma feira reúne diferentes públicos e, por este motivo, cada público pode ter um escopo de objetivos diferenciados.

O guia distribuído na feira e o site da feira apresentam a relação dos expositores, facilitando o trabalho principalmente do visitante.

A seguir listaremos alguns objetivos que podem oferecer resultados mais concretos para cada um dos públicos de uma feira/exposição:

Expositor:

  1. Realizar lançamento de uma nova linha ou produto;
  2. realizar encontros com os diretores de canais de distribuição específicos agendados previamente ou não;
  3. fazer prospecção de novos clientes com uma proposta diferenciada;
  4. realizar apresentações para tornar a marca mais conhecida;
  5. proporcionar uma experiência diferenciada para o cliente;
  6. apresentar uma plataforma tecnológica diferenciada;
  7. realizar testes e simulações comerciais;
  8. realizar vendas durante a feira;
  9. lançar um conceito com suporte concentrado de mídia espontânea, inclusive com a participação no módulo educacional das feiras;
  10. criar elementos para “ser diferente” na feira.

Definir um objetivo consistente não é o suficiente para que o resultado seja atingido pelo expositor. As plataformas e as mecânicas de comunicação, relacionadas aos objetivos, no ambiente da feira, farão muita diferença nos resultados, da mesma forma que a localização, o tamanho e projeto do estande. Se eu quero vender produtos, preciso fazer exposição, destacar, gerar experimentação, mostrar de forma agressiva. Assim sendo além do objetivo deve ser definida a forma como ele será atingido.

Uma questão importante é fazer com que os visitantes interajam com elementos de comunicação do estande de forma criativa e rápida.

Distribuidor:

  1. Realizar um mapeamento das oportunidades de distribuição e um mapeamento da concorrência se for um distribuidor exclusivo;
  2. buscar inovações e elementos complementares para definir novas estratégias comerciais;
  3. fazer contato direto com compradores em potencial e levantamentos face-a-face;
  4. levar ou convidar clientes para que recebam, em primeira mão, uma proposta específica, em cooperação com uma marca específica, ou com as marcas que distribui;
  5. estreitar relacionamento com outros distribuidores;
  6. desenvolver estratégia de comunicação com o seu público durante a feira e no pós-feira nas mídias digitais;
  7. apoiar seus clientes a desenhar objetivos e na forma de atingir estes objetivos no decorrer da feira;
  8. prestar suporte ao estande da(s) marca(s) que trabalha, aproveitando a oportunidade para atingir objetivos diretos de ampliar a base de prospecção e de concretização de vendas;
  9. se independente, utilizar pequenos espaços como pontos de negociação;
  10. realizar parcerias estratégias que complementem a sua atuação regional.

Salão e Clínica de Beleza:

  1. Buscar inovações e elementos que viabilizem o incremento de resultados;
  2. conferir os lançamentos de novas marcas, novos produtos que possam ser utilizados como base na oferta de novos serviços e realizar contato direto com os seus distribuidores;
  3. participar dos cursos e seminários sobre novas tendências;
  4. participar dos cursos e seminários sobre gestão de salões de beleza;
  5. realizar compras de forma concentrada e com preços diferenciados;
  6. trocar experiências com outros salões;
  7. levar seus profissionais para posterior discussão para definição de novos objetivos;
  8. conferir novas tendências na educação de profissionais de salões de beleza;
  9. desenvolver ações de marketing e de relacionamento com seus clientes apresentando a sua participação na feira;
  10. utilizar o afastamento do dia-a-dia do salão para raciocinar de forma diferente e buscar elementos além da feira para melhorar o desenho do negócio.

Profissionais da Beleza:

Os objetivos são os mesmos aplicados ao salão, mas de forma específica aos interesses de um profissional.

Como pode ser visto há dezenas de motivos e centenas de formas de participar de uma feira ou exposição. O que não se deve é ficar de fora de eventos que discutem e apresentam diferentes tendências para o segmento no qual uma empresa ou profissional opera.

Comments are closed.